Para 2017 e para sempre: ainda é tempo

Somos seres imortais e como tal agimos. Não parece razoável?

As ações humanas mostram essa frase com aspecto claro de verdade. Vamos analisar os fatos do dia-a-dia. A imensa maioria das pessoas da nossa cultura investem em comprar muitas superficialidades e aprender muito daquilo que não é fundamental para o convívio humano saudável e sólido. Para isto gastamos muito tempo o qual passa segundo a segundo como água do rio: sem retorno.

Vivemos festejando o passado. Conhecem alguém que vai festejar o dia de amanhã, ou seus próximos 15 anos com saúde? Para isso deveria-se investir em prevenções, autocuidado alimentar, físico e espiritual. E assim durante seus próximos anos festejar aniversariando estas conquistas. Quem de nós já imaginou uma meta de vida hipotética? Em realizar a vida festejando aniversários em ordem decrescente?  Hoje somamos aquilo que passou. A vida que fluiu. Amassamos e compactamos nosso real tesouro – O TEMPO.

Parafraseando José “Pepe” Mujica – a única coisa que não se pode comprar é a vida. A vida se gasta. Assim como gastamos o tempo para alcançar os objetivos nem sempre claros desta sociedade.  Nossa cultura é especialista em criar escravos das regras e do consumo. E para cumprir com isto gastamos o que nunca compraremos – tempo de vida.

Somos filhos do tempo, deste tempo que não aprendemos a analisar com lisura e sem pressa. E deste equivoco nasce o que hoje vivemos. A vida com seus solavancos e desacertos, com suas mazelas e doenças – corporais e mentais, com seus dissabores e equívocos, com suas fraquezas e ações egoístas. A proposta é voltar a viver economicamente. Pagamos com o tempo que gastamos para ganhar. Este tempo é para investir nos segundos da vida imediata. Assim estaremos aptos ao convívio humano para reencontrar o tempo bem gasto no ócio familiar.

Eletroneuromiografia: o que esperar deste exame.

O que é a Eletroneuromiografia:

A eletroneuromiografia é um exame realizado para mostrar, através de gráficos e números, como está o funcionamento das fibras nervosas que comandam a motricidade, a sensibilidade e a integração dos músculos com os nervos do seu organismo. Ou seja, este estudo mostra o funcionamento integrado do sistema nervoso periférico – do tronco cerebral e medula para fora.

Este exame é requisitado quando há algum problema em qualquer segmento do corpo – músculo, nervo ou na união deles – ou, mais raramente, em todo o corpo. Seu médico pode, através da entrevista e exame físico, solicitar este estudo sendo ele dos membros superiores, membros inferiores, face ou todos. Isto depende daquilo que estás sentindo e também se é possível detectar neste exame.

Como funciona:

A evolução da eletroneuromiografia consta de uma breve entrevista direcionada a queixa do paciente e ao pedido do médico assistente. Logo após faremos breve exame físico e na sequência o paciente deita-se na maca localizada ao lado do equipamento que realizará o estudo. Inicialmente, com eletrodos colocados na superfície da pele, o especialista vai executar suaves estímulos elétricos e os eletrodos vão captar as respostas. Estes são para examinar a sensibilidade.

Logo após, outros estímulos pouco mais intensos, examinarão as fibras da motricidade. Estes testes são rápidos, duram em média quinze minutos e logo o músculo é examinado com outro tipo de eletrodo, ou seja, de inserção. São instrumentos muito delicados que penetram no músculo para registrar informações e assim detalhar mais como estão as fibras da motricidade. Agora o exame é mais rápido. O médico vai concluir o estudo escrevendo o laudo e entregando o resultado em cerca de dez minutos após o término do estudo.

Quem aplica o exame:

A eletroneuromiografia é raramente realizada com caráter de urgência. Ao contrário, mais exato é o resultado se realizamos o exame duas ou três semanas após iniciado os sintomas. Os médicos que realizam o este exame são especialistas como neurologistas ou fisiatras que fazem uma segunda especialização em neurofisiologia clínica.

Para mais informações entre em contato conosco